5 coisas que me deixaram louca no pós-parto

Desde que o Pedro nasceu, percebi que minha paciência para certas coisas e comentários diminui na mesma proporção que meu amor pelo meu filho cresce.

Nas primeiras semanas do Pedrinho em casa, notei algumas pessoas sem a menor noção que, assim como o bebê, nós também estamos nos adaptando a essa nova fase da vida.  Aí, sem o menor pudor, soltam comentários que não são adequados e necessários.

Durante esses quase 2 meses da chegada do meu filho, listei as 5 coisas que mais me fazem pirar de raiva:

1) Comparar nossos novos hábitos aos da sua época de mãe (mesmo que isso tenha mais de 40 anos)
A frase: “No meu tempo era assim…”, parece inofensiva, mas para mim, parecia apenas veneno.
Claro que quero e preciso ouvir a experiência das mães mais velhas, mas o tom de crítica é a única coisa que eu notava.

2) Dizer que o bebê deve colocar uma roupa mais quente.
 Isso no Rio de Janeiro, em pleno Janeiro de sensação térmica de 50 graus, é quase uma piada. Mesmo que a criança fique no ar condicionado, roupas grossas são completamente desnecessárias nessa época do ano.

3) Visitar o bebê com um perfume tão forte, que mesmo que a pessoa use uma fralda por cima da roupa, a criança fica impregnada com o cheiro.

4) Dizer que o pediatra está errado… Pasmem, isso aconteceu comigo!
Nos primeiros dias em casa, era o auge do verão, eu estava me esforçando muito para manter a amamentação exclusiva no peito, já que os seios queimavam. Até que ouvi: “Você precisa dar água para esse menino”. Mesmo dizendo que não era essa orientação, pois o leite materno é completo, a pessoa insiste em questionar se o Pediatra está certo…

5) Visitas que acham que podem chegar a qualquer hora e passar o dia todo na sua casa.
Nos primeiros meses, quando ainda estamos nos adaptando atá aos novos horários de sono, o que menos queremos é ter que fazer sala para parentes com boa intenção, mas sem nenhuma ideia do quanto estão sendo inconvenientes.

Claro, que em situações normais, eu até curto ouvir conselhos, estar perto de familiares e amo meus amigos, mas nessas primeiras semanas, no famoso puerpério, ser seletiva nas visitas parece ser vital para a vida social. 😀

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s