Amamentação: Ninguém disse que é simples… Mas é Divino!

amamentação

Desde a gestação sou convicta da amamentação, mas ninguém me falou que era difícil, muito pelo contrário, todo mundo dizia que era instintivo.

Ok, é 80% instinto, pois o bebê nasce sabendo sugar, o colostro desce nas primeiras horas pós-parto e o leite desce alguns dias depois que o bebê começa a mamar, parece mágica!

Mas acertar a pega é complicado para as mães de primeira viagem. A dor no bico, que parece que está em chamas, também é um teste para a boa vontade de qualquer mamãe.

Antes do meu filho nascer, tive a oportunidade de ter uma “aula”, com minha nutricionista (Eveline Duarte) sobre a pega do Bebê, ela foi inclusive na maternidade para me orientar nas primeiras mamadas, mas confesso que quase desisti quando o bico começou a ficar em carne viva e meu filho começou a perder peso.

Eu não queria abrir mão desse contato, dessa aproximação que existe durante a amamentação (sim, isso é divino, só quem passou vai saber que não é lenga-lenga piegas de mãe louca), fui forte, mas não foi fácil.

Para melhorar, usei tubos e mais tubos de pomada de lanolina (lancinoh, super funciona), bebi litros de água e no fim do primeiro mês meu bebê já estava voltando a ganhar peso, meu seio estava “curado” e eu tinha lindas memórias no coração.

Depois que meu filho nasceu, conheci as Amigas do peito. Já felei delas aqui. Um grupo de ajuda para as futuras mamães. Lá elas passam as orientações necessárias, sem contar a incrível troca de experiências.

Mamães, nunca desistam!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s