A (má) ciência da palmada

sem violência

Como já comentei nesse post, sou adepta da educação com apego e extremamente contra a palmada. recentemente participei de um encontro sobre maternagem consciente e em uma das palestras tivemos acesso a estudos científicos que confirmam a ineficiência das palmadas e alguns de seus prejuízos gerados às suas vítimas.

O mais impressionante é que todos os estudos apontam possíveis malefícios, enquanto que não existe um trabalho somente que aponte benefícios.

Abaixo alguns números surpreendentes:

  • No Brasil, estudos de 2012 apontam  uma estimativa onde 500 mil crianças sejam espancadas por ano.
  • Relatório recente da UNICEF sobre violência no mundo aponta que 5 crianças são vítimas, por hora, de maus-tratos no Brasil. O Brasil é o  6º país no mundo em taxa de homicídio de crianças e jovens.
  • Existem evidências indiretas de que a palmada está associada com maiores índices de criminalidade.
  • Em 2013, um estudo brasileiro chamado de  “Associações entre práticas de disciplina infantil e comportamento de bullying em adolescentes” mostrou que disciplina autoritária e punitiva estava associada com bullying entre adolescentes (10-15 anos).
  • A presença de palmadas aplicadas em crianças de 1 ano é um fator de risco para a existência de agressões físicas mais severas no ano seguinte.

Leia mais e tenha acesso as fontes da pesquisa Clicando Aqui.

Leiam com calma e divulguem. Está em nossas mãos educarmos pessoas melhores!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s